Blog

Fratura de Metacarpo

Os metacarpos são os ossos localizadas entre os pequenos ossos do carpo e as falanges (dedos). Eles são cinco por mão sendo denominado de primeiro ao quinto de acordo com o dedo que ele está ligado sendo o primeiro metacarpo aquele do polegar e o quinto do dedo mínimo. Eles são importantes para a mão pois eles provem um arco, tanto transverso como longitudinal cujo objetivo é otimização do movimento de preensão.

Quem está mais propício?
As fraturas dos metacarpos podem ocorrer em todas as idades, porém os indivíduos mais propensos são os jovens, principalmente homens entre os 15 e 30 anos.

Qual é o mecanismo da lesão?
As fraturas do metacarpianos podem ocorrer desde traumas simples como uma queda da própria altura até traumas de maior intensidade como acidentes motociclísticos. O mecanismo de lesão vai determinar qual metacarpo está mais propenso a fraturar, como por exemplo: 
- Um soco (trauma axial sobre uma sobre a cabeça dos metacarpos) está mais propenso a fraturas do colo do quinto metacarpo, sendo a lesão mais comum - a fratura do boxer.
- Um trauma direto sobre o dorso da mão pode provocar fraturas na região diafisária dos metacarpos.  
- Um trauma no qual o polegar é esticado e sofre uma carga axial, pode levar a uma fratura-luxação de Bexnnett.

Clínica e exame físico
O Paciente com uma fratura de metacarpo geralmente apresenta com dor, dificuldade de movimentação dos dedos, hematoma, edema (inchaço) e deformidade na mão. Além disso, o paciente pode apresentar um desvio dos dedos o que corresponde a um desvio rotacional da fratura.

NOTA: A dor é um item subjetivo e não é incomum pessoas com boa tolerância a dor apresentarem uma fratura, por vezes grave, com poucos sintomas, fato que o faz demorar a procurar atendimento médico.

Diagnóstico
A suspeição da fratura é feita por uma história e exame físico, porém são necessários exames de imagem, inicialmente radiografias para a confirmação da fratura.  Em alguns casos, o seu cirurgião de mão pode solicitar uma tomografia computadorizada ou mesmo uma ressonância magnética, porém na maioria dos casos a radiografia é o único exame necessário para o diagnóstico e conduta

Tratamento
As fraturas dos metacarpos podem ser tratadas tanto de maneira conservadora, somente com imobilizações, como por tratamento cirúrgico. O que vai determinar um ou outro?
- Fraturas instáveis, ou seja, com tendência ao desvio dentro da imobilização é uma indicação de tratamento cirúrgico
- Fraturas desviadas nas quais o desvio ira causar alguma impotência funcional no futuro, sejam elas: desvios rotacionais, desvios angulares importantes ou mesmo encurtamentos são indicativos de tratamento cirúrgico
- Lesões abertas - as fraturas expostas - elas são de tratamento cirúrgico
Dentre as modalidades de tratamentos conservador, temos a imobilização com aparelhos gessado, talas gessadas e órteses sob medida. O tratamento com as órteses costuma variar de 5 a 8 semanas geralmente.

Dr. João Paulo Mussi Simões de Souza
Cirurgião da Mão, Cirurgia do Cotovelo, Traumatologia, Microcirurgia
Clínica Felizmed

Felizmed

A Clínica Felizmed, maior rede de clínicas da região, reúne diversas especialidades médicas, odontológicas e exames. Contando com profissionais de excelência e rapidez no agendamento.

Responsáveis Técnicos